Futuras Enfermeiras

Minha foto
Ceará, Brazil
Ana Caroline,Joana Darc, Nivia Maria e Renata Miranda. Somos acadêmicas de Enfermagem da Faculdade Leão Sampaio em Juazeiro do Norte - CE.

sábado, 1 de maio de 2010

Tipos de cicatrização

Existem três formas pelas quais uma ferida pode cicatrizar que dependem da quantidade de tecido perdido ou danificado e da presença ou não de infecção, são elas:
Primeira intenção (união primária) - este tipo de cicatrização ocorre quando as bordas da ferida são apostas ou aproximadas, havendo perda mínima de tecido, ausência de infecção e edema mínimo. Quando as feridas cicatrizam-se por primeira intenção, a formação de tecido de granulação não é visível.
Segunda intenção (granulação) -
Neste tipo de cicatrização ocorre perda excessiva de tecido e presença de infecção. O processo de reparo, neste caso, é mais complicado e demorado. Esse método de reparo é também denominado cicatrização por granulação, pois no abscesso formam-se brotos minúsculos chamados granulações.
Terceira intenção (sutura secundária) - caso uma ferida não tenha sido suturada inicialmente ou as suturas se romperam e a ferida tem que ser novamente suturada. Isso é feito pelo cirurgião que, após a drenagem do material, promove a aproximação das bordas.


Fatores que influenciam na cicatrização das feridas.

◘ Perfusão de tecidos e oxigenação;
◘ Hemorragia;
◘ Localização da ferida;
◘ Idade do paciente;
◘ Corpo estranho na ferida;
◘ Hiperatividade do paciente
◘ Medicamentos;
◘ Imunossupressão
◘ Nutrição;
◘ Edema e obstrução linfática

Nenhum comentário:

Postar um comentário